Não, essas não são vítimas de assassinato. É algo muito mais estranho

Se você ver esses corpos carbonizados vermelhas pendurados em um penhasco na região de Menyama, na Papua Nova Guiné, você provavelmente pensaria que achou uma cena de crime. Isso, no entanto, não seria o caso. As cenas terríveis que você vê abaixo são na verdade parte de um ritual. 

Os corpos grotescos são conhecidos como os "corpos defumados de Aseki". Eles são preservados de propósito pela tribo Kuku-Kuku e depois enforcados para serem pendurados em um penhasco.

"As pessoas em Menyama queimam os corpos de seus mortos, a fim de preservá-los (a fumaça retira toda a umidade e dá propriedades antibacterianas). Para acelerar o processo, os parentes esfaqueiam o corpo repetidamente para ajudar a eliminar os fluídos enquanto os órgãos em decomposição são retirados pelo ânus. Em seguida, eles levam o corpo até uma inclinação muito íngreme."


Alguns corpos "são colocados de tal maneira que eles ficam olhando para baixo da montanha e a aldeia lá embaixo."


Eles são os protetores dos aldeões abaixo.


Apenas os guerreiros da aldeia são defumados e tornam-se observadores. Somente filhos de guerreiros podem se tornar guerreiros (e assim por diante).



Fonte: blogblux

João Filho

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.