Massacre da Serra Elétrica Foi Baseado em uma História Real

Você sabia que a tão famosa história do filmeMassacre da Serra Elétrica foi baseada em uma história real? 
Sim, isso mesmo, o assassino do filme foi baseado em Ed Gein, um americano que nasceu em 27 de agosto de 1906 em La Crosse, no estado do Wisconsin. 
Mas como ele se tornou um assassino?
Tudo começou em sua infância que foi extremamente difícil, seu pai era alcoólatra e a sua mãe Augusta, muito religiosa e super protetora demais que não dava muita liberdade a ele. 
Ele era o filho mais novo, sendo que seu irmão Henry era sete anos mais velho que ele. A mãe diariamente ensinava os filhos sobre os pecados do mundo, especialmente os que envolviam as maiores tentações, as mulheres. Devia ser por isso que ele tinha o comportamento um tanto afeminado e sofria bullying na escola. Ed não tinha amigos, pois sua mãe proibia. Seu pai faleceu em 1940. Por isso ele e o irmão tiveram que
trabalhar para auxiliar no sustento da família. Ed chega a trabalhar como babá, pois gostava de crianças, achava mais fácil lidar com elas do que com adultos. 

Ele e Henry brigavam muito, pois o irmão via a tirania da mãe, enquanto que Ed não queria aceitar, sempre vendo-a como um exemplo de pureza. Em 1944 seu irmão também morreu durante um incêndio da região, sendo que a área que ele foi encontrada não havia ocorrido incêndio e mais tarde foi descoberto que sua morte fora por asfixia. Mais tarde sua mãe sofreu um derrame e se manteve paralisada, Ed tinha uma grande devoção por ela. Segundo relatos ele chegava a deitar-se ao seu lado na cama. Quando ela morreu em 1945, ele estava com 39 anos, sozinhos, sem amigos, família, esposa, nem nada. 
Foi então que mulheres começaram a desaparecer e Ed começou a ser considerado suspeito pela polícia,
pois havia sido visto nos locais dos desaparecimentos. Mais tarde foi descoberto o cadáver de Bernica Worden em 1957 na casa de Ed, que já havia sido preso sob suspeita de tê-la matado. O mais surpreendente e aterrorizante foi o modo como se encontrava o corpo da vítima, ela havia sido decapitada e seu corpo estava suspenso, sendo que ela tinha sido aberta como se fosse uma caça, com grandes partes de seu corpo removidos. 
E Bernica não fora a única, pois em sua propriedade também foram encontrados mais partes de corpos, entre elas crânios, pele, peitos, coração, lábios e cabeças. Ele costumava fazer utensílios com as partes removidas dos cadáveres. Até mesmo um colete feito com os seios de uma mulher. Segundo relatos ele brincava com as partes das mulheres, vestia o que ele fazia, parecia sonhar em se tornar uma mulher. 
Ainda acreditavam que Ed praticava necrofilia, mas ele mesmo negou isso, dizendo: "Elas cheiravam muito mal". 
Ed parecia ter uma verdadeira obsessão por sua mãe, pois ele também desenterrava cadáveres que se pareciam com ela, para simular sua presença. Além disso, ele também se vestia de mulher para simular a presença de sua mãe. 
Isso parece familiar, não é mesmo? 
Pois é, Alfred Hitchcock também se inspirou em Ed para criar seu personagem do livro Psicose, onde o assassino simulava a presença de sua mãe vestido de mulher e mantinha um cadáver em casa. Ainda acredita-se que Ed matava apenas mulheres, mas não se tem certeza. 
Pessoas que o conheciam na época ficaram surpresas ao saber o que Ed havia feito, pois achavam que ele era uma boa pessoa. 

O que aconteceu com Ed?

Ele foi considerado mentalmente incapaz e enviado a um hospital psiquiátrico. Mais tarde em 1969 ele passou por um julgamento convencional, onde seu nível de sanidade havia aumentado, sendo considerado culpado, mas devido à sua falta de sanidade viveu o resto de sua vida em hospitais psiquiátricos para criminosos. Ed foi considerado um dos maiores assassinos de todos os tempos. A população ficou tão revoltada que acabou incendiando sua casa. 
No hospital, dizem que ele agia normalmente, lia, ficava sozinho no canto. Só de vez em quando olhava fixamente para as enfermeiras, deixando-as desconcertadas. Mas foi um dos poucos pacientes que não precisou de calmantes. 
Ed morreu em 26 de julho de 1984 devido a uma parada cardíaca e respiratória como consequência de um câncer. Já o filme Massacre da Serra Elétrica (The Texas Chain Saw Massacre) que se baseou na história de Ed Gein, pra quem não sabe, foi feito de forma independente em 1974, sendo dirigido por Tobe Hooper, fazendo um grande sucesso. 

A história de Ed é surpreendente e terrível ao mesmo tempo, isso mostra como a mente humana é frágil. Por isso que é importante termos Deus em nosso coração, pois é cada coisa que acontece nesse mundo que deixaria qualquer um insano.

João Filho

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.