TIM pode ter vendas proibidas no Brasil

TIMO ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou nesta quarta-feira (11/07) que a TIM poderá ter suas vendas suspensas no país devido ao alto índice de reclamações. Nesta quinta-feira (12/07), a operadora teve forte queda na Bolsa de Valores de São Paulo, com investidores mostrando receio de que a empresa de telefonia sofra cortes do governo.

Bernardo disse que a suspensão dos serviços é uma possibilidade, mas "seria o último recurso", informou a Reuters. Por outro lado, o ministro declarou que algo precisa ser feito para melhorar a qualidade do serviço da operadora, ressaltando que o governo tem recebido muitas reclamações, "mas não no Brasil todo, apenas em cinco ou seis Estados".

Antes de medidas mais duras, o ministro disse que o governo dará um prazo para a TIM resolver os problemas e diminuir as reclamações, e ressaltou que a intenção não é prejudicar nenhuma empresa. Em maio, Bernardo havia dito que o setor brasileiro de telecomunicações precisaria investir até R$ 25 bilhões de reais por ano em infraestrutura e tecnologia para melhorar seus serviços.

Paulo Bernardo participou hoje do lançamento dos testes para o projeto de "Banda Larga 0800", juntamente com as operadoras telefonia móvel Claro, Oi, TIM e Vivo. O piloto será desenvolvido na cidade de São Sebastião, no Distrito Federal, junto a 80 pessoas.

A banda larga 0800 funcionará nos moldes dos serviços telefônicos 0800. No caso, serão sites cujo acesso por dispositivos móveis será gratuito para o usuário, como portais governamentais de serviços públicos. Saiba mais clicando aqui.
 Fonte: Olhar digital

João Filho

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário