10 intrigantes mistérios bem curiosos!

Boa noite! Este post trata-se de uma lista com 10 mistérios bastante curiosos. Para quem gosta do tema, não pode perder. Confira:
Fonte: Ah Duvido
10. Luz Sólida

Certamente, uma das coisas mais intrigantes que a Ciência poderia produzir é a luz em estado sólido. Se falássemos dessa possibilidade tempos atrás, obviamente seria considerado uma dessas sandices sem tamanho. Hoje, entretanto a Ciência sabe que é possível tanto que já tem consciência do caminho à ser tomado para alcançar exito nessa esplendorosa conquista. Claro que, do ponto atual que estamos até o chegarmos ao nível tecnológico onde teremos dominado essa tecnologia vai demorar … muito!
Porém, um ponto de interrogação surge em meio dessa história toda: se ainda falta muito para manipularmos a natureza da luz, por que diabos relatos da Luz Sólida estão presentes durante toda a História Humana? A Luz Sólida é descrita como uma substância estranha, capaz de viajar na mesma velocidade da luz, contudo, impenetrável, dura, impossível de ser quebrada, como se fosse constituída apenas de massa, mas não se comporta como a matéria comum. Geralmente são relacionadas à aparições de ovnis ou divindades, as quais parecem que dominam esse estado da luz.




9. Conselho dos Nove

Você já pensou na possibilidade de não estarmos sós no Universo, não é? E se isso for verdade, o que impediria uma raça mais avançada de destruir uma raça com menor nível tecnológico? A resposta é: acordos burocráticos intergaláticos. O conselho dos Nove seriam os responsáveis pelo nosso planeta. Não podemos ser atacados sem a permissão deles e eles estão diretamente ligados à tudo que acontece por aqui. Em resumo, são eles que mandam, embora poucos tenham consciência disso. Ou pelo menos é o que diz a lenda.

A lenda do Conselho dos Nove começa no antigo Egito. Os deuses egípcios seriam parte desse conselho, seres altamente evoluídos, sendo que cada um pertencente a uma raça que representam os noves raça que determinariam nosso destino. O deus Atum seria o porta-voz da Terra e todos os representantes permaneceram aqui no nosso planeta durante o período em que o Egito estava em ascensão. Eram adorados mas pareciam considerar nossa raça como inferiores, já que escravizavam os humanos para cumprir seus propósitos.
Andrija Puharich, um ex-membro da CIA, é um dos principais defensores dessa teoria. Puharich diz ter participado do projeto MKULTRA, um dos piores e mais obscuros projetos secretos da agência. Andrija - um pesquisador renomado na época - foi contratado pela CIA para realizar uma bateria de testes não especificados em humanos. O pesquisador, ainda não consciente do que iria encontrar, aceitou a proposta e embarcou em uma das mais tenebrosas experiencias da sua vida. Puharich ficou responsável por explorar os estados inconscientes da mente humana, assim como, alteração de consciência, viagem astral, comunicação interdimensional e mais um zilhão de bizarrices. Segundo o próprio, terminou descobrindo que o Conselho dos Nove era verdadeiro e que todos nós estamos comprometidos com ele. Em um dos seus artigos voltados à comunidade de paranormalidade, o médico cientista revela que conseguiu contato com uma dessas entidades e o que ouviu era de “congelar a alma” dos mais corajosos homens.

8. Terremotos no Céu


Terremotos terrestres são comuns, todo ano milhares deles acontecem na superfície do planeta. Por sua vez, terremotos no céu, os ditos Skyquakes, são raríssimos e nunca foram registrados por cientistas.
O temor dos céus cair sobre as suas cabeças vem de tempos remotos e é possível que os Skyquakes tenham ligação com esse medo dos povos antigos. Da Grécia a Gália, os antigos alertavam sobre um estado aonde o céu parecia que iria cair! Uma vibração intensa, nuvens fazendo e se desfazendo em uma especie de turbilhão atmosférico, causavam terror nas antigas civilizações. No desenho Asterix, essa faceta é representada pelos protagonistas, que nada temem, nem mesmo o exército romano, exceto que o céu caia sobre suas cabeças.
Nos antigos contos celtas tal fenômeno era considerado um alto nível de bruxaria – que não recebia esse nome, era chamada de algo como “Artes naturais”. Com toda certeza, se alguém conseguisse tal proeza, podemos afirmar que fulano era um parente distante do Harry Potter, ou, na menor das possibilidades, do Gandalf.

7. Condessa de Desmond

Quem é amante da leitura provavelmente conhece o Conde St. Germain, todavia, tão intrigante quanto esse é a Condessa de Desmond. Ninguém sabe muito sobre essa condessa, não existem provas concretas de sua existência, no entanto, era uma personagem para lá de excêntrica. Viveu por mais de 140 anos – uma idade avançadíssima se considerarmos que a estimativa de vida da época era de menos de 50 anos – , parecia não envelhecer, seus dentes caiam e voltavam a crescer e tinha disposição de uma adolescente. Teria morrido aos 140 anos de idade após cair de cima de uma árvore o qual subiu para colher nozes. Ou era uma velha porreta ou um dos parentes do Keanu Reeves.




6. O Monstro de Londres

No final do século 18, uma figura bastante anormal apareceu pelas ruas de Londres: uma criatura, provavelmente um maluco encapuzado, aparecia do meio das sombras e sorrateiramente, rasgava com um objeto cortante os vestidos das mulheres ou esfaqueava as nádegas, deixando-as semi-nuas pelas ruas londrinas. Quando essas apresentavam uma reação, o troll inglês jogava um buquê de flores em suas fuças e fugia correndo gritando obscenidades das mais cabeludas.

Apesar de ninguém morrer e de que nenhuma ameaça de morte ser feita por parte do doidão, a população de Londres entrou em pânico. As notícias se espalhavam como fogo no palheiro e logo a histeria das massas veio a tona, obrigando as autoridades à tomarem uma atitude drástica encontrar um culpado, mesmo sem saber que era o sujeito responsável pelos ataques. Rhynwick Williams, o bode-expiatório, foi condenado à seis anos de prisão em 1790, após se tornar o principal suspeito dos ataques depois que esfaqueou a sua noiva nas nádegas. Ninguém sabe até hoje quem foi o Monstro de Londres, entretanto, Williams escolheu o dia e o local errado para esfaquear sua noiva e terminou sendo quem pagou o pato.

5. Os irmãos Pollock

Você acredita em reencarnação?independentemente de crenças, este é um conto estranho. Em 1958 nasceram, Gillian e Jennifer Pollock – gêmeos. Dois anos antes, suas irmãs (também gêmeas) foram mortas em um acidente de carro. Gillian nasceu tendo as mesmas marcas de nascença uma de suas irmãs e, logo que os gêmeos adquiriram a habilidade da fala, começaram a relatar aspectos da vida das irmãs que não podiam conhecer. Eles simplesmente sabia tudo que havia ocorrido na vida das suas irmãs mortas, em detalhes.
Além disso, eles reconheceram a casa que seus pais haviam morado com suas irmãs e foram capazes de identificar cada um dos brinquedos pertencentes aos seus respectivos irmãos. Mesmo assustador é o fato de que ambos os gêmeos poderiam contar, em detalhes vívidos, os eventos que antecederam e durante o acidente fatal que matou suas irmãs. Ninguém soube explicar os fatos até hoje.

4. O Cortejo de Fantasma Funerais 

A tradição de fantasma funerais remonta a pelo menos o século 17. Segundo conta a história, as aparições de procissões fúnebres eram vistas por pessoas que estavam em perigo de morte. Estes funerais não são apenas visões assustadoras, mas também são frequentemente acompanhados de sons relacionados com funerais, como músicas de luto flutuando no vento e os sons de embalsamadores realizando seu trabalho para preparar um cadáver para o enterro. Isto definitivamente não é algo que eu quero experimentar.
Os fantasmas que completam o grupo geralmente eram parentes ou amigos que já haviam morrido. Amigo, se você um dia ver uma dessas coisas, de madrugada, te aconselho a: se estiver bebendo ou nas dorgas, pare. Se não estiver nem bebâdo, comece a beber, arrume a mulher mais próxima que está na sua agendinha da “pegação”, vá para o motel e morra feliz porque suas horas estão contadas e você deve estar vislumbrando um futuro próximo não muito agradável. 

3. A Residência de Groglin Grange


Croglin Grange foi uma casa de propriedade da família Fisher, em Cumbria, Inglaterra durante séculos. Usada como uma casa de verão por dois irmãos e sua irmã. 
Diz o mistério de Grange que durante um verão, ao se hospedar na casa, Amelia, a irmã, viu de sua janela duas luzes brilhantes no cemitério da propriedade, distante, que parecia estar olhando para ela. Repentinamente, elas começaram a deslizar em direção a casa sobre as sepulturas e o gramado, numa velocidade espantosa. Para sua surpresa, segundos depois um rosto apareceu na sua janela. Segundo sua descrição, tinha pele marrom com olhos de fogo. A criatura tinha uma mãos ossudas e com elas rasgou o chumbo das aberturas da janela, permitindo que entrasse na residência. Voou para cima da mulher cujos gritos trouxeram seus irmãos ao seu quarto rapidamente. Antes que a criatura pudesse executar sua vítima, seus irmãos avançaram ferozmente sobre ela. A entidade, numa velocidade impressionante, praticamente desapareceu, reaparecendo no cemitério da propriedade e depois sumiu.
Exatamente um ano depois, a criatura apareceu novamente para uma nova visita, mas desta vez eles estavam preparados – na suspeita de um novo ataque, um dos irmãos andava sempre armado e conseguiu atirar na perna da criatura, mas ainda assim ela escapou. No dia seguinte, os irmãos foram ao cemitério para encontrar provas e descobriram uma tumba subterrânea cheia de caixões que foram divididos com seus conteúdos macabros espalhados pelo chão -, mas um caixão permanecia intacto. Eles abriram a tampa e lá estava a criatura que atacou sua irmã. Sua crença estavam lidando com um vampiro, então eles atearam fogo ao corpo no camarada e colocaram fim aos ataques. Se era ou não um vampiro não se sabe, porém, se não fosse, coitado do cidadão que resolveu dormir dentro de um caixão em um cemitério subterrâneo naquele dia.

2. Aparecimentos de UFOs Kaikoura

Em 1978, uma onda de avistamentos de OVNIs ocorreu em todo o hemisfério sul. Ao mesmo tempo estranhas luzes foram relatadas no sopé das montanhas costeiras do sul da Nova Zelândia acompanhados por inúmeros relatos de pessoas que viram seus animais serem sequestrado por luzes durante a noite. A base militar Blenheim testemunharam as luzes e contataram o controle de tráfego aéreo local, que afirmou a presença de trafego aéreo no local sendo detectada no radar deles. A polícia começou a receber inúmeras chamadas de civis relatando feixes de luz que se projetavam de cima de suas propriedade em direção ao mar. Um verdadeiro “enxame” de OVNI’s apareceram na região durante alguns dias daquele ano. 

Um avião de carga que partiu na mesma época também relatou ter visto luzes inexplicáveis ​​no céu. Os radares e equipamentos de controle identificaram a velocidade dos objetos: eles estavam a 1.930 quilômetros por hora. Um cinegrafista australiano, ao saber dos ocorridos, embarcou em um avião para filmar as luzes misteriosas. Ele filmou algumas das evidências, uma das mais surpreendentes imagens de OVNIs capturados em vídeo.

1. Mãos Cabeludas Ataca!

Na década de 1920 uma série de acidentes começaram a atormentado os viajantes que transitavam pela solitária travessia pela estrada de Dartmoor, em Devon. Todos os acidentes até então haviam sido fatais e aparentemente não havia nada de particularmente estranho nessa parte da estrada. Nem os carros acidentados apresentavam qualquer defeito. A população não sabia explicar o porquê que sempre no mesmo trecho, os carros simplesmente saiam da estrada. 

Uma noite, um infeliz motorista resolveu se aventurar pela tenebrosa estrada e por sorte, ao passar pelo trecho, se acidentou e sobreviveu. Quando recuperou a consciência no hospital, ele estava visivelmente abalado. Ele explicou para a polícia o que aconteceu: quando ele se aproximou da parte propensa a acidentes da estrada, ele sentiu um par de mãos ásperas peludas agarrar o volante arrancando-o de seu controle. As mãos peludas apareceram do nada e tomaram o controle do veículo, jogando para fora da estrada.
Novos acidentes aconteceram depois desse relato e um outro sobrevivente descreveu a mesma coisa. Um medium foi investigar o caso, a noite, no trecho dos acidentes e diz ter presenciado um par de mãos peludas vindo rastejando em direção ao carro. Assustado, fugiu deixando o veículo, que desapareceu. Em seguida, os ataques pararam de acontecer. Os mais brincalhões dizem que as mãos só queria um carro, mas ninguém queria emprestar. Sabe o que diz a sabedoria popular dos orgulhosos: Se não pode ser meu, não vai ser de mais ninguém. 


João Filho

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário