10 Curiosidades históricas que você não vai acreditar

1. A Maldição do Raio

Parece que toda a família está amaldiçoada quando três de seus homens, de diferentes gerações, morreram da mesma forma e no mesmo lugar.
A história começou em 1899, quando um raio matou um homem que estava em seu quintal em Taranto, Itália.
A vida continuou, mas 30 anos depois de seu filho foi morto da mesma forma no mesmo lugar. Como se não bastasse, em 8 de outubro de 1948, Rolla Primarda, o neto da primeira vítima e filho do segundo, se tornou o terceiro na lista a morrer da mesma forma que seus ancestrais.

2. A passagem do Halley

Provavelmente, a vida de Mark Twain é uma dos mais conhecidas e comentadas no mundo. É a história de um escritor que nasceu em 1835, no mesmo dia em que o cometa Halley fez uma de suas aparições na Terra. A coincidência da história é que quando Halley fez sua próxima aparição, em 1910, ele morreu.
Um ano antes, em 1910, Twain disse: “Eu cheguei com o Cometa Halley em 1835. Quando ele voltar no próximo ano espero ir com ele.”

3. A morte de “Greenberry Hill”

Pode parecer uma piada, mas não é, trata-se de um caso triste da morte. Em 1682, três homens foram mortos por enforcamento, depois de serem acusados da morte de Edmund Godfrey , em sua residência de Greenberry Hill. Seus nomes eram: “Robert Green, Henry Berry, e Lawrence Hill. Juntando os nomes temos Green Berry Hill”.

4. A história de Edgar Allan Poe

Edgar Allan Poe escreveu uma história chamada “A Narrativa de Arthur Gordon Pym”, onde a história de quatro náufragos ficaram à deriva em um barco por vários dias, até que eles decidiram matar um deles para se alimentarem. O “salvador” que morreu em prol dos outros tinha o nome de Richard Parker. Até então tudo era apenas história, mas a ficção tornou-se realidade em 1884.
Naquele ano, um veleiro de nome Mignone afundou e quatro homens sobreviveram. Navegaram sem rumo por dias, até que três deles decidiram que era preciso que um morresse para ajudar os outros a sobreviverem e chegarem vivos. Quem será que foi o escolhido? Um homem chamado Richard Parker.

5. A sorte de Anthony Hopkins

O ator conhecido no mundo por seu papel como “Hannibal Lecter” também é conhecido por uma das histórias mais surpreendentes das coincidências. A história se passou assim:
Nos anos setenta, Hopkins concordou em participar do filme “The Girl From Petrovka”, baseado no romance de George Feifer. Então ele começou a procurar mais informações para o papel, mais especificamente o livro.
Em Londres, onde ele estava não encontrou nem mesmo uma cópia. Numa tarde depois de uma longa busca, sentou em um banco em uma estação de trem, e encontrou uma cópia do livro.
O interessante é que era uma cópia pessoal de Feifer, inclusive com notas pessoais. O livro estava lá eperando por ele, porque o escritor tinha fornecido uma cópia para um amigo naquela mesma noite em que roubaram seu carro. Sorte?

6. Livro de Anne Parrish

Uma escritora americana de livros infantis estava passeando em Paris e visitando livrarias. Nestas visitas ela disse ao marido que sua publicação favorita quando criança era “Jack Frost”.
Em uma das lojas descobriram que o livro fornecia muitas memórias para ela e começou a compartilhar com o marido. A surpresa foi que quando ela abriu as páginas descobriu que aquele era o livro dela.
Como é que você sabe? Ele pergunga. Na primeira página ela leu “Anne Parrish, 209 N. Weber Street, Colorado Spring “. Era o mesmo livro.

7. Tal pai, tal filho

Em 1858, o jogo custou a vida de Robert Fallon. Ele foi morto em uma mesa de poker, porque foi acusado pelos jogadores de ganhar US $ 600 trapaceando.
Antes do assassinato, a polícia teve de intervir para investigar. Enquanto isso os outros jogadores tiveram que procurar alguém para substituí-lo, e assim fizeram.
Um homem com mais sorte do que Fallon chegou, e ganhou quase US$ 26 mil dólares! Os agentes não encontraram nenhuma evidência da trapaça de Fallon e ordenou que o “novo jogador” devolvesse os US$ 600 a ajudar o filho de Fallon. É qual a surpresa? O novo jogador era o filho de Fallon, que não via o pai há 7 anos.

9. A chegada de Hernán Cortés

Cortes chegou no México em 1519, na mesma data que os maias previram, em seu calendário, que Quetzalcoatl voltaria para reclamar Tenochtitlan.
Em seguida, os astecas achando que Cortes era Quetzalcoatl o recebeu em paz. A maldita coincidência terminou em um terrível massacre, sendo hoje parte importante da história do México.

10. Lincoln e Kennedy

Historicamente, tem havido grandes comparações entre os dois ex-presidentes dos Estados Unidos, mas não apenas porque os dois ocuparam essa posição. Entre Lincoln e Kennedy, coincidências parecem ilimitadas. Estes são apenas alguns exemplos:
Os dois somam o número 7 com as letras de seus nomes.
Ninguém tinha medo da morte, por isso não tinham guarda-costas.
Lincoln e Kennedy sabia que poderiam facilmente acabar com sua vida, já que ambos proferiram frases que diziam: “Se alguém quer tirar a minha vida, não há nada que eu possa fazer para impedi-lo” (Lincoln), e “Se alguém quer matar-me de um janela com um fuzil, ninguém pode detê-lo”(Kennedy).
Os dois presidentes foram eleitos em anos terminados com 60.
Ambos foram baleados na cabeça em uma sexta-feira.

João Filho

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário