Extradição de Kim Dotcom só será julgada em março de 2013

Após justiça neozelandesa afirmar que as provas contra Dotcom foram conseguidas ilegalmente, julgamento foi adiado para ano que vem.

Kim DotcomO julgamento sobre a extradição de Kim Dotcom, fundador do MegaUpload, foi adiado e não acontecerá antes de março de 2013.
A audição estava prevista para agosto deste ano, mas, de acordo com a Reuters (é uma das mais famosas e antigas agências de notícias do mundo..), foi remarcada para 2013. O motivo é que, no fim de junho, a justiça da Nova Zelândia declarou que a ação feita para juntar as evidências contra DotCom foi inválida.
Kim Dotcom foi preso em janeiro em uma ação feita por autoridades dos Estados Unidos que resultaram no fechamento do MegaUpload. Desde então ele está em prisão domiciliar Nova Zelândia - país em que mora, apesar de ser alemão - esperando a decisão sobre sua extradição para os Estados Unidos.
O FBI procura Dotcom e acusa o fundador do MegaUpload de lucrar US$ 175 milhões com violação de direitos autorais, entre outros crimes.
No fim de junho, Dotcom anunciou um novo serviço de compartilhamento de músicas. Na semana passada, ele afirmou que o MegaUpload vai voltar "maior, melhor, mais rápido e de graça".

João Filho

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário